Notícias

Home > Notícias > SINAENCO e CREA SP se unem em defesa da sociedade

SINAENCO e CREA SP se unem em defesa da sociedade

01/04/2013

O CREA SP e o SINAENCO estão envolvidos num projeto comum, que é o combate ao mau profissional, ao profissional estrangeiro que está invadindo o Brasil e às contratações de serviços de engenharia pelo menor preço. A parceria entre as duas entidades foi reforçada durante encontro ocorrido em São Paulo, no gabinete do Presidente do CREA SP Eng. Francisco Kurimori com toda a diretoria do SINAENCO, Sindicato da Arquitetura e da Engenharia e que representa as empresas.

Da esquerda para a direita: Luciano Alvazar Tani, diretor de Gerenciamento; Russell Rudolf Ludwig, Vice-Presidente de Relações Trabalhistas e Assuntos Intersindicais; Eng. Francisco Kurimori, Presidente do CREA SP; José Roberto Bernasconi, Presidente do SINAENCO; Adelino do Nascimento Martins, Vice-Presidente de Gestão e Assuntos Institucionais e Claudinei florencio, Gerente Executivo

Para o Presidente do CREA SP, Eng. Francisco Kurimori, o encontro foi muito positivo: “Discutimos pontos importantes e vamos trabalhar de mãos dadas em algumas frentes defendendo os interesses dos profissionais e da sociedade. Como teremos a Audiência Pública no dia 9 de abril, no Congresso Nacional, na qual vai se debater a questão dos profissionais e empresas estrangeiras que estão vindo para o Brasil, o SINAENCO já aceitou o nosso convite e estará participando ao nosso lado da Audiência”.

O SINAENCO também ficou satisfeito com o que definiu de “Aproximação e parceria com o CREA SP”.

Segundo Russel Rudolf Ludwig, Vice-Presidente de Relações Trabalhistas e Assuntos Intersindicais, o SINAENCO está muito satisfeito em poder participar de um grupo de trabalho com o CREA SP.

“Esse Grupo de Trabalho, explica Russel, vai nos permitir uma participação conjunta entre o SINAENCO e o CREA SP com relação à licitações de menor preço e por pregão aqui em São Paulo”.

As duas entidades lembraram que, em São Paulo, existe legislação que permite a contratação de serviços de engenharia pelo menor preço. Por outro lado, no CREA SP já existem instrumentos legais que definem o que é o Serviço Técnico Especializado e a Engenharia Consultiva. Esses instrumentos vetam o uso do pregão eletrônico, a contratação pelo menor preço para estes serviços.

O SINAENCO, quando toma conhecimento de uma licitação nessas condições manda uma carta para a entidade responsável informando que aquele processo licitatório não está sendo bem feito e, em alguns casos, denuncia ao Tribunal de Contas e procura até a esfera judicial.

“O que pedimos ao Presidente Kurimori, do CREA SP, é que ele envie também uma manifestação para o ente público que abre uma licitação nessas condições condenando o procedimento. O CREA SP tem uma força muito maior. Se nós fizermos isso, SINAENCO e CREA SP estarão defendendo a segurança da sociedade,pois um bom projeto de engenharia resulta numa boa obra”, afirmou Russel Rudolf Ludwig, Vice-Presidente do SINAENCO e porta voz do grupo que visitou o CREA SP.

Fonte: Site CREA-SP


Voltar